NOVA ZELÂNDIA planeja cobrar taxas dos turistas

Governo Neozelandês planeja cobrar entre 25 e 35 dólares neozelandeses dos turistas que entrarem no país a partir do segundo semestre de 2019.

Assim como a União Europeia, que aprovou um projeto de criação para cobrar taxas de turistas (leia mais aqui), o governo da Nova Zelândia também anunciou na última sexta-feira, 15/06/2018, que está estudando criar um imposto para os turistas que visitam o país. Este imposto seria usado para melhorar as infraestruturas do país, além de ajudar em projetos de preservação do meio ambiente.

A taxa que custaria em torno de 25 a 35 dólares neozelandeses, algo em torno de 17 a 24 dólares americanos, seria cobrada dos turistas que ficam no país por menos de 1 ano e ficará a cargo da Autoridade Eletrônica de Viagens (ETA). O sistema será parecido com o que está sendo planejado para a União Europeia, o turista terá que entrar em um site, cadastrar seu passaporte e pagar a taxa, tudo on-line. Caso não haja rejeição por parte da imigração, será emitido uma ETA (Autoridade Eletrônica de Viagem) em nome do turista e associado ao passaporte do mesmo.

O projeto apresentado, prevê a isenção da taxa para os cidadãos Australianos e de vários países próximos a Nova Zelândia. Pessoas que fazem apenas escala no país também serão isentos, assim como algumas categorias de pessoas com visto de negócios, médicos, ajudas humanitárias, entre outros.

O governo ainda planeja discutir o projeto com uma parcela da população antes de colocar o mesmo em vigor. Com esta medida e o crescente número de visitantes, a Nova Zelândia pretende duplicar sua arrecadação.

A União Europeia também aprovou um projeto de cobrança de taxa para turistas, para saber mais clique aqui.

 

Para criar esta matéria, utilizamos como fonte de pesquisa: Panrotas

Junho 2018.

 

Gostou? Compartilhe

Posts Relacionados

Deixe seu comentário