Suspiros e mais suspiros… Nós estamos em Paris!

De fato, “Paris é sempre uma boa ideia”.  Não é à toa que a linda Paris é um dos destinos mais visitados do mundo… A Cidade Luz é capaz de te surpreender e te fazer senti-la diferente a cada vez que a visita… É aquele destino que quanto mais você conhece mais você quer conhecer…

Para atender a grande demanda de milhares de turistas, que visitam Paris diariamente, a cidade possui uma excelente infra-estrutura no quesito transporte, e para nós, viajantes de plantão, esse é um dos pontos mais importantes de qualquer destino.

Costumamos dizer, que Paris é aquele destino que você encontra tudo, mas tudo mesmo. É um grande centro repleto de opções para todos os bolsos, gostos e idades. Rica em história, cultura, cheia de bairros vibrantes e cosmopolitas, cartões postais apaixonantes e mundialmente conhecidos, com opções gastronômicas deliciosas que vão desde o restaurante de luxo 5 estrelas à barraquinha que comercializa frango assado, centros de compras e muito, mas muito mais.

No que se refere ao turismo propriamente dito, ahhhh (mais suspiros), em Paris você tem muito mas muito mesmo para visitar… Além de todos os pontos turísticos e cartões postais já conhecidos de Paris, você ainda pode fazer vários “bate e voltas” para as cidades do seu entorno… Por isso, quanto mais dias em Paris, melhor 😉, pois uma coisa garantimos… Você não vai enjoar e vai ter sempre uma coisa diferente para fazer, um destino ou atração nova para conhecer ou ainda uma delicinha para provar que ainda não provou!

Quando visitar Paris…

Nós estivemos em Paris no inverno de 2013 e no verão de 2018.

O inverno é sempre uma época delicada para se viajar, não só para Paris mas para qualquer outro destino… A mala fica mais pesada, você fica restrito a conhecer aquelas atrações indoor se a chuva ou a neve insistir em te acompanhar, sem contar que as suas memórias fotográficas terão sempre aqueles tons cinzentos.

O verão também não é o “the best” momento para visitar Paris… Pensa num país movimentadíssimo!!! Pensa nos locais mais famosos, minados, mas minados de pessoas do mundo todo!!! Agora, pensa num solzão de rachar que vai te acompanhar para todo o sempre, até aproximadamente 21h da noite!!! É… Por experiência própria, a dica que damos é para você tentar evitar a Alta Temporada (meados de junho até final de agosto – férias de verão na Europa).

Tenta te programar para viajar na Primavera… Pensa na visita linda aos Jardins de Versalles em plena primavera??? Ahhhh, um sonho! E a EuroDisney??? Lá não tem muitas flores, mas só o fato de não precisar enfrentar filas e filas de um verão, já é mais um ponto para a Primavera… Além disso, a Primavera é dona do pôr do sol mais lindo de todos.

Quantos dias são necessários para visitar Paris…

Uma das coisas que você deve evitar em Paris, é ficar pouco tempo! Sério… Já comentamos lá no início, que quanto mais dias para visitar Paris, melhor 😉 e é isso mesmo!

Recomendamos programar a visita na Cidade Luz por pelo menos uma semana, ou mais. Claro que isso nem sempre é possível, mas quando planejar a sua viagem para a Europa, caso a ideia seja visitar as principais capitais, se organize para passar o maior tempo possível em Paris. Você não vai se arrepender e ainda vai conseguir descobrir a essência parisiense com o fôlego que a cidade merece, ou, se você é daqueles que curte um turismo 220w, vai poder conhecer um pouco além de Paris, reservando um dia para Verssailes e até para a Euro Disney.

Onde ficar em Paris…

Geograficamente falando, Paris está dividida em 20 zonas, caracterizados de 1 a 20, a primeira tem a melhor localização, mais próxima aos museus e avenidas principais, enquanto a última zona é a mais afastada da região turística. E, como é possível supor, os hotéis que ficam nas zonas 12, 13 e 14, por exemplo, são muito mais baratos que os localizados nas zonas de 1 a 10.

Por esse motivo, muitos turistas, sem pensar no tamanho gigantesco que é Paris, optam pelas diárias mais baratas. Acontece que, nesses casos, o barato acaba saindo caro, de verdade. Ao se hospedar nessas regiões, será necessário gastar muito mais com transporte e o tempo para chegar até as principais atrações turísticas aumenta, detalhes que atrapalham a vida de qualquer viajante.

Para você ter uma noção, o passe turístico básico que você pode adquirir não cobre as zonas a partir da 3, ou seja, o valor que você economizaria para usar apenas um ticket para ir e vir quantas vezes quiser vai se transformar em um gasto, bem considerável no final das contas. O passe intermediário cobre da zona 1 a 6, e isso inclui Versailles e Disney!

Entenda mais sobre os “day tickets de Paris” clicando aqui.

A dica, portanto, é tentar se hospedar nos distritos de 1 a 6, que ainda fazem parte do circuito turístico de Paris. E para economizar, fique de olhos nas promoções em nosso buscador de hotéis. Sempre é possível encontrar um hotel charmoso, acessível e bem localizado. A gente é fã e só reserva depois de fazer pesquisas na Booking, e essa é a nossa super dica para economizar em Paris… Além de tudo, a Booking já te oferece a localização certinha por zona, quer mais moleza que isso???

O que visitar em Paris…

Oh, dúvida crueeeeel. Sério… Eu fico loucaaaa, quando preciso programar o que visitar em Paris… Na verdade, eu deixo o Marcus louco, porque é ele quem “se responsabiliza” pela logística das nossas trips… Eu sempre quero mais e mais…

Maaas, não tem como negar, que dentre as paradas obrigatórias de Paris, a Torre Eiffel, o Louvre, a Catedral de Notre-Dame e passear de barco pelo rio Siena são as grandes estrelas no roteiro de qualquer viajante.

A gente adora fugir do básico e daqueles pontos turísticos super visitados… Claro, que para uma primeira vez, algumas visitas são obrigatórias, mas depois, sérios mesmo… esqueça! O Louvre por exemplo é um museu que, na nossa opinião, é para ir apenas uma vez e deu. Ir até a Torre Eiffel, ok, vá de manhã, de tarde e de noite e sempre que possível mas ir até o topo da Torre Eiffel, só uma vez e nunca mais! Passear de barco pelo rio Siena, gente, só uma vez tá??? Tem tanto mais de Paris pra você ver e rever, que repetir esse tipo de passeio não tá com nada…

Outro ponto totalmente desnecessário na nossa opinião, são aqueles tour guiados sabe?? Principalmente aqueles tours a pé… Ok, se for a sua primeira vez e se o seu tempo estiver curto, vai lá, mas vai naqueles ônibus do tipo Hop On Hop Off… Caso contrário, evite. Hoje em dia, é tão, mas tão fácil se localizar com ajuda do queridinho GPS e é mais fácil ainda você organizar o seu próprio tempo sem ter que acompanhar um monte de pessoas desconhecidas que tem gostos e perfis diferentes do seu, que as vezes o barato sai caro.

Para te ajudar na missão de programar a sua visita em Paris, a gente listou os principais pontos turísticos aqui e sugerimos roteiros de 4 e de 7 dias para você se basear e destacar aqueles que mais te interessam visitar.

Onde comer em Paris…

Ahhhh, esse momento a gente adooooora! Onde comer?! Sinceramente, em qualquer lugar que o seu bolso e gosto permitir. Kkkkk. Sério… eu sei que estamos sendo super redundantes nas dicas de Paris, mas é porque é isso mesmo!

Se você tem um paladar refinado e está disposto a gastar uma considerável quantia para comer do bom e do melhor, naqueles restaurantes que prezam mais a qualidade do que a quantidade, olha a lista imensa de opções clicando aqui!

Se você é daqueles que quer continuar fazendo as suas refeições no horário certinho, seguindo a risca, se alimentar com comida na hora do almoço e da janta mas não está podendo gastar muito, você encontra ótimas opções de restaurantes em todos os lugares que ir. Basta dar uma olhada nos cardápios que estão sempre expostos na frente dos locais para encontrar aquela opções que mais se enquadre no seu gosto e bolso.

Se você, definitivamente, não está afim de gastar muito e até topa trocar o almoço ou a janta por um lanche, as melhores opções são sem dúvidas os mercados de rede, as comidas de rua, as padarias e as fruteiras espalhadas por Paris. A gente se enquadra nesse terceiro grupo, dos que adoooooram comer mas que não querem gastar em excesso.

A gente sempre procura os mercados de rede, para comprar água e snacks… Normalmente nesses mercados de rede, tipo Carrefour (o queridinho de Paris), você encontra muitas opções de comida a um preço legal. Um frango assado por exemplo, custa em média 8 euros e é delicioso, além de alimentar super bem. Você também pode comprar comidinhas típicas francesas para comer no hotel… Ou ainda, se esbaldar nos sanduíches, ou naquelas comidas frias feitas com saladas, massa e frango e que são vendidas em potes individuais… Nesse caso, você vai economizar muuuuito mas muito mesmo!

Demais opções tais como fast food de tudo quanto é marca e tipo, são destinos muito frequentados e para onde você olhar, vai encontrar um deles.

Já que estamos falando de comidinhas, uma super dica para economizar naqueeeeele delicioso, lindo, apaixonante e imperdível pique nique nos pátios da Torre Eiffel, é comprar as comidinhas e bebidas na mercado da rede Carrefour, localizado quase que grudado na estação de trem do lado do pátio da torre… Nós fizemos tipo um banquete, comprando desde queijos deliciosos, espumante, pães, frutinhas e doces por um preço bem mais baixo do que aquelas cestas que eles te oferecem.

 

-> Gostou da nossa matéria? Então segue o @VivaTodoSeuMundo no Insta e curte a FanPage no Face. Assim você acompanhará o nosso mundo em tempo real. #VivaTodoSeuMundo #ColecionandoMomentos #FotografandoMemórias

 

VIVA Todo Seu MUNDO VIAJANDO com a gente!

Sempre que você fizer uma reserva, através de algum link das publicidades que aparecem aqui no nosso blog (Booking, Skyscanner, Seguros Promo, etc) nós ganhamos uma pequena comissão! E o melhor de tudo: você NÃO é taxado a mais por isso, pelo contrário, em alguns casos, se utilizar o nosso CUPOM DESCONTO, você ainda ganhará um desconto especial. Sabendo disso… Partiu reservar e Viver Todo Seu Mundo com a gente? 😉

Gostou? Compartilhe

Posts Relacionados

Deixe seu comentário