Vale Sagrado dos Incas

O Vale Sagrado dos Incas, localizado meio às Cordilheiras dos Andes peruanos, está composto por inúmeros rios que descem por pequenos vales, sendo o seu principal o Urumbamba, o qual a visitação, faz parte desse tour. Além disso, o Vale possui muitos monumentos arqueológicos e povoados indígenas, fazendo com que a região seja passagem obrigatória ANTES de visitar o tão mágico Machu Picchu.

A localização do Vale como um todo, era muito apreciada pelos Incas devido às suas especiais qualidades geográficas e climáticas. Foi um dos principais pontos de agricultura pela riqueza de suas terras e é o lugar onde se produz o melhor grão de milho no Peru.

Para adquirir esse tour, sugerimos a utilização do boleto turístico, da mesma forma que já sugerimos o mesmo para os demais tours no Peru.

Sobre o passeio…

O passeio dura 1 dia inteiro, e terá como pontos de visitação: Pisac (incluindo as ruínas de Pisaq), Urumbamba, Ollantaytambo e Chinchero.

Fica a dica!

No caso, uma super dica para você que está indo para Machu Picchu, é decidir fazer esse tour um dia antes de ter programado a sua chegada em Águas Calientes. Indicamos isso, justamente porque você poderá ficar em Ollantaytambo, pernoitar lá ou não, e pegar um trem que vai direto para Águas Calientes. Nós fizemos isso e, além de ter a possibilidade de ficar por mais tempo em Ollantaytambo, o custo da passagem de trem de lá para Águas Calientes é mais barato do que outros destinos.

Mas olha só: Se você fizer isso, vai deixar o grupo ANTES de passar por Chinchero… Para nós, não foi problema, visto que no dia anterior tínhamos feito o passeio para Morays e Maras que incluía justamente esse destino, então, programe-se considerando o custo x benefício e o que de fato é importante conhecer para você particularmente.

Enfim… vamos parar de mimimi, kkkk, e ir direto ao ponto… Nosso tour pelo Vale Sagrado dos Incas.

Pisac: A primeira parada do dia…

A primeira parada foi na cidade arqueológica de Pisac, um dos locais mais importantes do Vale Sagrado dos Incas. Este povoado tem uma parte inca e outra colonial.

A vista ao chegar no vale é surpreendente, então, tente NÃO DORMIR pelo caminho, pois com certeza, as paisagens peruanas te farão nunca mais esquecer esse país.

Vista no caminho para Pisac, Peru.

Assim como todos os povoados peruanos, Pisac é bastante “colorido” e possui uma grande variedade de artesanato, além da fabricação de peças em prata. A sua arquitetura é mestiça, construída sobre restos indígenas.

Logo na chegada você receberá uma aulinha, de como saber se as peças de prata são verdadeiras ou falsas… Além disso, terá um tempo de 20 minutos para percorrer o entorno.

Artesanato de Pisac, Peru.
Artesanato de Pisac, Peru.
De lá, seguimos para as impressionantes ruínas de Pisaq…

Pisaq era uma antiga cidade e centro de plantação inca. A grandeza e a beleza destas instalações encrustadas nas montanhas do vale impressiona até hoje. De cara, o que chama a atenção são as enormes terraças (que parecem escadas gigantes talhadas no cerro).

Estas terraças tiveram uma importância fundamental não só para a sociedade Inca, mas para todos os povos até hoje. Provavelmente, a maior herança deixada por este império para nós foi a agricultura.

Depois da aula de história, tivemos 40 minutos para caminhar pelo complexo. O tempo foi curto, considerando a imensidão do lugar, mas visto que estávamos em grupo, tínhamos que seguir com o tour.

Ruínas de Pisac, Peru.
Ruínas de Pisac, Peru.
Fica a dica!

Independente de estar indo para o Peru no verão ou no inverno, leve e use filtro solar. Nós fomos em Setembro, e sérios mesmo, apesar de não parecer, o sol era muito forte. Lembre-se que a maioria dos pontos turísticos são à céu aberto, ou seja, com sol constante.

Urumbamba…

A parada na cidade de Urubamba não te oferece atrativos. Na verdade é uma parada estratégica, para almoço. As opções são variadas e alguns tours incluem o almoço no valor, como no nosso caso. Almoçamos em um restaurante estilo buffet, com sobremesa inclusa (todos os restaurantes em Urubamba são neste estilo, e custam na faixa de 35 soles por pessoa. Por isso, certifique-se de que seu tour inclui almoço!). O Restaurante era bastante organizado, limpo e as comidas boas, além disso, tivemos a oportunidade de assistir a um pequeno show de uma banda típica peruana.

Ollantaytambo…

Depois de conhecer Ollantaytambo, incluímos ela na lista dos TOP 10 do Peru. Sem dúvida, um povoado que é passagem OBRIGATÓRIA daqueles que visitam o peru.

Ollantaytambo está localizado a aproximadamente 90km de Cusco e é um dos caminhos de partida para Machu Picchu (consulte os valores e horários dos trens com saída de Ollantaytambo para Águas Calientes e programe-se para pernoitar nesse povoado).

Ruas de Ollantaytambo, Peru.
Ruas de Ollantaytambo, Peru.

A cidade é a única da era inca, que ainda é habitada no Peru. Nas suas casas, vivem descendentes dos incas, que fazem questão de manter, pelo menos os pátios das casas com a sua arquitetura original. As suas ruas são estreitas, as casas em estilo colonial, e os locais andam com vestes típicas. A partir de qualquer ponto da cidade é possível avistar as ruínas da antiga cidade Inca, a qual você acessa passando por um portal chamado Punku-punko.

Ollantaytambo, Peru.
Ollantaytambo, Peru.

Não deixe de reparar, nos morros ao redor da cidade, pois neles é possível ver talhados os esboços de rostos de deuses e de um condor. Infelizmente as obras nunca chegaram a ser concluídas por conta da invasão espanhola, mas já dá pra se ter uma ideia.

Talhados nas pedras também estão algumas formas de calendários incas, que alinham suas sombras de acordo com a estação do ano, formando sempre o alinhamento perfeito no solstício de inverno.

Ollantaytambo, Peru.
Ollantaytambo, Peru.

 

Você tem apenas 30 minutos para conhecer Ollantaytambo, o que com certeza é muuuuito pouco visto que não são apenas as ruínas, mas a cidade como um todo.

Decidimos ficar em Ollantaytambo, e de lá pegar o trem para Águas Calientes, e isso nos deu mais 1 hora de reconhecimento da cidade. Se continuássemos com o tour, iriamos na sequência para Chinchero.

Para saber como será a sua visita à Chinchero, clique aqui. A visita é a mesma realizada no Tour Morays e Mara, que te leva até as Salinas de Mara.

Depois de Chinchero, você retorna para Cusco .

Para conhecer mais sobre as nossas experiências no Peru, clique aqui.

-> Gostou da nossa matéria? Então segue o @VivaTodoSeuMundo no Insta e curte a FanPage no Face. Assim você acompanhará o nosso mundo em tempo real. #VivaTodoSeuMundo #ColecionandoMomentos #FotografandoMemórias

 


 

VIVA Todo Seu MUNDO VIAJANDO com a gente!

Sempre que você fizer uma reserva, através de algum link das publicidades que aparecem aqui no nosso blog (Booking, Hotéis.com, Seguros Promo, Decolar.com, etc) nós ganhamos uma pequena comissão! E o melhor de tudo: você NÃO é taxado a mais por isso, pelo contrário, em alguns casos, se utilizar o nosso CUPOM DESCONTO, você ainda ganhará um desconto especial. Sabendo disso… Partiu reservar e Viver Todo Seu Mundo com a gente? 😉

Gostou? Compartilhe

Posts Relacionados